Para Profissões

Ao decorador de ambientes

Meu querido,

Que bom amar alguém com tamanho bom gosto! Você é tão atento aos detalhes e tem uma noção de harmonia tão grande que só de entrar em algum lugar já dá nova vida ao ambiente.
Você consegue criar espaços e dar mais luz à casa com uma naturalidade impressionante. Acho que foi isso o que você fez com o meu coração: chegou, viu que estava tudo meio desarrumado, fora de lugar, criou um espaço confortável para se aconchegar e deu mais luz à minha vida!
Ando tão feliz e radiante em ter lhe conhecido que até acho que você poderia me colocar no seu portfólio, com fotos do tipo "antes" e "depois".
Sem contar as modificações que você fez no meu quarto! Logo que você sugeriu que eu tirasse aquele traste que vivia em cima da minha cama, concordei na hora, não foi? É verdade que ele foi embora meio contrariado, mas a minha cama ficou muito melhor agora... Também não posso esquecer do abat-jour que você trouxe: a luz indireta realmente é bem melhor para a leitura e também para outras atividades que exijam concentração e dedicação totais.
Bem, meu amor, sei que agora você deve estar entretido com a última "Arquitectural Digest" e não quero te atrapalhar.
Porém, meu querido, só quero fazer uma observaçãozinha chata: às vezes eu acho que você é meio esquisito, pois eu perco o maior tempão me arrumando toda, passando base, rímel, batom, tratando do cabelo com os melhores shampoos e condicionadores pra, no fim, você vir me dizer que o importante é a beleza interior!
Tenha santa paciência, né?

Um beijo da sua
(assinatura)