Amizade

E vamos ao Hexa!

E aí, galera!?

Foi sofrido, foi suado, mas quando Ronaldinho gritou pro Rivaldo " - abre as pernas meu amor, que eu vou pro abraço!" - eu vi que tudo estava decidido ao nosso favor.
E no primeiro gol, então, quando aquele goleiro arrogante bateu roupa feito uma lavadeira do Reno, deixando o gol esKAHNcarado pro Fenômeno? Que lindo! Aliás, agora vamos pro Hexa, e na terra deles, desses comedores de pepino que não sabem que futebol se joga com os pés. Parece que eles só conhecem esKAHNteio, né?
É verdade que São Marcos esteve atento, mas na maior parte do jogo nós botamos os chucrutes para valsar. Afinal, em Viena também se fala alemão, não é mesmo?
Outra coisa que eu ia me esquecendo de dizer: foi mais fácil vencer a muralha alemã do que engolir um purê de maçã que, aliás, vai muito bem com pato à baden-baden.
Pra concluir, se tivéssemos um pouco mais de sorte, esses alemães teriam levado uma goleada esKAHNdalosa!

Salsichão neles! Obrigado Brasil!

E um abraço do (a),
(assinatura)