Amor com Humor

Declaração de amor a um 'caiçara'

Meu querido,

sabe que esses surfistinhas de fim-de-semana, esses garotões sarados que chegam na praia no sábado de manhã e no domingo à tarde já têm que ir embora para encarar a escola na segunda-feira, não têm o menor charme perto de você?!
Você sim é que é do mar, você sim é que é do surf! Com este seu jeito natural e esta sua cor maravilhosa, você é capaz de seduzir qualquer garota, a começar por mim, que estou encantada com a forma como você lida com as ondas.
Parece até que você conversa com o mar e que ele te obedece. Quando você quer onda, ele te dá ondas; quando você quer peixe, ele te dá peixe... só não vai pedir uma sereia - falou? -, porque se ele te der eu morro de ciúmes.
Quando é que você vai me convidar para passear de barco? Adoraria estar no meio do mar, sozinha contigo, observando o azul do céu, a espuma da água e a tua força e coragem para controlar o barco e nos levar para uma praia deserta, onde eu pudesse encostar a minha cabeça no teu peito forte e sonhasse, embalada pela brisa marinha e pelos gritos das gaivotas.
Deixa eu cair na sua rede? Promete que não vai me descartar, como se eu fosse um peixe pequeno? Juro que vou fazer de tudo para que você se sinta sempre feliz ao meu lado, para que fique sempre com aquela mesma carinha linda que você faz quando está bebendo a sua água-de-côco.
Sabe que todas as vezes que eu ouço aquela música "...manhã de luz, festa do sol, e o barquinho a deslizar no macio azul do mar..." eu lembro de você? Deixa eu cair na sua rede, vai? Aliás, deixa eu cair nas suas redes: na de pesca e naquela outra, toda colorida, onde você fica balançando ao cair da tarde!

Um beijo carinhoso da
(assinatura)