Para Profissões

Declaração a um(a) médico(a) 1

De repente você apareceu, imaculadamente branca, feita um anjo. Pousou em minha retina e, desde então, não saiu mais de meu pensamento e de meu acelerado coração. Acho que estou com febre, doutora, sem contar a taquicardia. Às vezes, também, falta-me o ar.
Não sei porque, depois que a conheci vivo suspirando. Também notei que meus olhos ganharam um brilho diferente. Gostaria de consultá-la, doutora, mas cada vez que vejo você, sinto um certo tremor nas mãos e na voz.
Então, para não ficar eternamente desenganado, peço-lhe que analise os sintomas que acabo de descrever e pondere sobre a possibilidade de eu estar sofrendo de um tal terrível e perigoso mal: AMOR POR VOCÊ.

Beijo grande do seu,
(assinatura)