Para Profissões

Ao engenheiro químico

Meu querido,

que profissão mais estranha você foi escolher, não? Afinal, no colégio todo mundo morria de medo desse negócio. No dia da prova de química metade da classe precisou ir ao dentista, a outra metade teve intoxicação alimentar e você ficou sozinho com o professor, fazendo continhas e escrevendo umas fórmulas que só de lembrar me arrepiam toda. Você deve ser um gênio, viu, querido?
Além disso, deve ser muito complicado na hora de arranjar emprego, pois é preciso decidir se você vai ser um engenheiro químico ¹do bem¹, daqueles que inventam novas fragrâncias de perfumes e Viagrinha pra deixar todo mundo feliz, ou se você vai ser um engenheiro químico ¹do mal¹, daqueles que morrem de rir com o poder do tri-nitro-tolueno ou se divertem nos desertos testando a força das reações em cadeia.
Mas, quero dizer que, pelo que tenho percebido, você é ¹do bem¹, apesar das minhas Condições Normais de Temperatura e Pressão se alterarem profundamente na sua presença... Não sei o que acontece, mas acho que rola uma química diferente! Aliás, quando você quiser testar algum novo bronzeador, fique sabendo que as minhas costas estão à sua disposição. No caso de ser um perfume novo, conte com o meu pescoço e com o lóbulo da minha orelha direita!
De qualquer maneira, saiba que eu gosto muito de você, e não gostaria de ser tratada, basicamente, apenas como mais um composto carbônico. Um beijo atômico de quem amaria você mesmo que seu nome fosse Rubídio ou Estrôncio. Assim, tome logo um isotônico e venha me ver!

Beijos
(assinatura)